06 maio 2007

VII Festival de Tunas do Gavião


VII Festival de Tunas do Gavião

Foi no passado dia 28 de Abril que subimos a palco pela primeira vez num Festival. Para além da TAIL, a concurso estavam também as Cavaleiras de Sellium (Tomar) e a Magna Tuna ApocalISCSPiana (Lisboa).

Iniciámos a nossa presença neste Festival com o Passa-calles, em que nem era suposto participarmos, mas após o pedido dos membros da organização para os acompanharmos aceitámos, mesmo com apenas metade dos elementos presentes, já que os restantes apenas chegariam perto do início do festival propriamente dito.

Depois do divertimento e descontracção e do carinho com que fomos recebidos no Passa-calles, eis que se aproxima a hora de subir a palco… O nervosismo e o medo de que algo corra mal aumentam. Aquela meia hora passou a correr, com os nervos à flor da pele, cometemos algumas falhas a que não estamos habituados a cometer, talvez por ser a estreia num evento deste género, mas pelos vistos e apesar das nossas falhas, conseguimos animar bastante o público e com isso conquistar o Prémio de Tuna mais tuna.

Prémios atribuídos: Prémio de Participação: Todas Prémio passa-calles: Todas Melhor porta-estandarte: Magna Tuna ApocalISCSPiana (Lisboa) Melhor pandeireta: Magna Tuna ApocalISCSPiana (Lisboa) Melhor solista: Magna Tuna ApocalISCSPiana (Lisboa) Melhor instrumental: Cavaleiras de Sellium (Tomar) Tuna mais tuna: TAIL Melhor tuna: Magna Tuna ApocalISCSPiana (Lisboa)

Um agradecimento especial à ACAJUG (Associação Cultural e Artística da Juventude Gavionense) pelo convite, aos nossos guias que não nos deixaram passar sede (sendo por isso os maiores responsáveis pelas nossas gaffes e também pela conquista do prémio Tuna mais Tuna) e também àqueles que nos foram ver e apoiar…

Pessoal o primeiro já passou… A partir de agora será muito mais fácil… TA TA TA TAIL!!!

Texto: Monica (bonga)

Foto: 1 artista qq. gentilmente cedida por um fã,

Caixa de texto: Prémios atribuídos: Prémio de Participação: Todas  Prémio passa-calles: Todas Melhor porta-estandarte: Magna Tuna ApocalISCSPiana (Lisboa) Melhor pandeireta: Magna Tuna ApocalISCSPiana (Lisboa)  Melhor solista: Magna Tuna ApocalISCSPiana (Lisboa) Melhor instrumental: Cavaleiras de Sellium (Tomar) Tuna mais tuna: TAIL  Melhor tuna: Magna Tuna ApocalISCSPiana (Lisboa)

2 comentários:

cupido_noctuna disse...

Acho que é a primeira vez que escrevo neste blog, mas é com prazer que o faço. Parabéns TAIL por já serem uma tuna de Leiria, felizmente, e parece que finalmente se percebeu isso, Leiria tem espaço para todos nós. Continuação de um bom trabalho, e até logo, no festival da TUMA.

Trococopo disse...

Cumprimentos a todo(a)s o(a)s Tunos!
A propósito do X Real Festa... no José Lúcio...
Os Trococopo não podiam faltar!
Sexta 11 e Sábado 12 no José Lúcio... Grandes TUN(eis)OS!!!
Organização (Parabéns pelo 10.º aniversário) da TUM'ACANÉNICA!
Se gostámos? Claro !!! No entanto (e que seja praxado quem tem que ser praxado...) há um "conselho" ou dois que gostaria de dar (com base na máxima "DURA PRAXIS SED PRAXIS"):
1.º Não se começa uma actuação com uma hora de atraso!
2.º Há Academias que devem merecer todo o respeito! A Academia de Coimbra (doa a quem doer), a BRIOSA é a mais antiga e prestigiada do nosso mundo universitário e académico! Então, quando SE INTERPRETA uma balada de Coimbra (nomeadamente "A despedida do 5.º ano jurídico de 1988-89"), não fica bem dizer que "não se sabe quem é o autor"!?!?!?! PORRA! Já não sois CALOIROS (não sei precisar quais as tunas que cometeram este "crime" de "lesa academia") !!! E isto aconteceu nos 2 dias! Por 2 vezes! Com a mesma balada!!!
Porquê?!?
"O seu a seu dono"! O ZECA (e os seus temas) é universal (apesar da sua toada ser coimbrã). Agora os FADOS e BALADAS de COIMBRA são da ACADEMIA DE COIMBRA!!!
Saudações Académicas!